Relatórios Ambientais

Laudo de Vegetação – Procedimentos básicos

Este tópico contém respostas, possui 6 vozes e foi atualizado pela última vez por Foto de perfil de Marina Kizys Marina Kizys 5 meses, 3 semanas atrás.

Visualizando 10 posts - 1 até 10 (de 10 do total)
  • Autor
    Posts
  • #3395

    Caros(as) assinantes,

    Abro este tópico pois na semana que vem, postarei um anexo sobre recomendações para laudo de vegetação. Não há entre os órgãos públicos um modelo de elaboração, um problema para a maioria daqueles que estão iniciando sua vida no mercado. E para aqueles que desejam se aperfeiçoar.

    Então, utilizemos este espaço para avançarmos juntos na construção de laudos cada vez melhores!

    AbS e até breve!

    Rodrigo

    #3405
    Foto de perfil de Carla
    Carla
    Membro

    Sim professor, fico no aguardo.

     

    Att.

    #3421

    Obrigada, Rodrigo!

    Até!

    #3656

    Olá

    Quero compartilhar com vocês o “Manual para Elaboração de Estudos para o Licenciamento com Avaliação de Impacto Ambiental”.

    Obtenham através do link a seguir: http://licenciamento.cetesb.sp.gov.br/cetesb/documentos/Manual-DD-217-14.pdf

    Neste espaço, iremos construir em conjunto um modelo de elaboração de laudos ambientais. Além deste manual oferecido pela CETESB, não há outras normatizações que nos auxiliam na hora de elaborar um diagnóstico de vegetação. O resultado disso é óbvio: Cada profissional trabalha de uma forma e produz texto dando importância a componentes distintos da vegetação.

    O objetivo principal de nossa análise está na pagina 114 (Diagnóstico Ambiental – Componente flora). Observamos que é fundamental para qualquer diagnóstico de vegetação apresentar uma fotointerpretação com base em cartografias oficiais, seja ela a nível Estadual (Inventário Florestal do Estado de São Paulo, por exemplo, no caso de São Paulo) e Nacional (Mapa de Vegetação do Brasil).

    Mas muito cuidado! Não acreditem “cegamente” nessas classificações, pois a checagem de campo não foi feita em todas as áreas. Além disso, em zonas ecotonais, erros de classificação entre o que é mapeado e o que é encontrado em campo são muito comuns.

    Na maior parte dos casos, o levantamento florístico é a metodologia mais utilizada em diagnósticos. Mas você sabe o que é um levantamento florístico mesmo?! Temos que tomar muito cuidado em nossos relatórios para não citar algo que não praticamos na realidade. O próprio Manual da CETESB utiliza o conceito de forma errada.

    Levantamento florístico é o estudo da flora de uma região. Para tanto, o método pressupõe coletas periódicas na mesma área a fim de se coletar a grande maioria dos exemplares em estado fértil e, assim, obter material-testemunha deles a fim de serem incorporados em herbário! Não realizamos isso em nossos laudos e diagnósticos ambientais! O que fazemos é uma Avaliação Ecológica Rápida (AER)! O levantamento florístico é realizado ao largo de um ano ou mais!

    Na AER, escolhemos pontos aleatórios de uma área e fazemos a caracterização da flora (as espécies constituintes ao nível do nosso olhar) e da estrutura da vegetação, conforme observado em trecho retirado do próprio manual da CETESB.

    Parametros estruturais da Vegetacao

    Se você efetuar uma pesquisa rápida no Google sobre levantamentos florísticos, verá a diferença que é entre este estudo e uma avaliação ecológica rápida. Portanto, nos estudos realizados no mercado de trabalho, devemos buscar primeiramente efetuar uma AER bem fundamentada, sem deixar de considerar as espécies mais importantes das fitofisionomias. Temos que explorar melhor os preceitos deste método, que apesar de simples, é ÓTIMO em efetuar caracterizações ambientais multidisciplinares para fins diversos. Para Planos de Manejo, por exemplo, esta metodologia é a mais utilizada e integra muito bem as equipes de fauna e de flora! Voltaremos ao tema AER em breve.

    Eu elaboro posts para este fórum quinzenalmente. No próximo, irei trazer algumas dicas de como não “deixar passar” as principais espécies que ocorrem em cada fitofisionomia de uma área em que estamos produzindo um diagnóstico de vegetação.

    Como sugestão de leitura, recomendo que analise este Manual da CETESB compartilhado aqui, mais precisamente a partir da página 116, onde é descrito os procedimentos que devem ser trabalhados em estudos de flora para diagnóstico ambiental. Agora, eu espero a interatividade de vocês para desenvolver melhor esta temática tratada aqui no presente tópico.

    Até breve!

    Rodrigo

    #3802
    Foto de perfil de Luciana Lima
    Luciana Lima
    Membro

    Bacana!! Obrigada Rodrigo!!

    #4339
    Foto de perfil de Francine
    Francine
    Membro

    Obrigada professor! manual de grande utilidade!

     

    #4367

    Pessoal, estou preparando o novo post em relação ao assunto! Quero incluir mais uma informação para que possam elaborar laudos ambientais cada vez melhores! Abs!

    #5505
    Foto de perfil de Marina Kizys
    Marina Kizys
    Membro

    Olá @rodrigo-polisel ! Gostei do seu email sobre o modelo de laudo! Vc elaborou o mapa de vegetação deste laudo tb? Gostaria de saber mais sobre e como fazê-lo! Obrigada!

    #5943

    Ola @marinalk , o assunto “mapa de vegetação” será trabalhado no minicurso sobre o tema que já iniciou no eFlora. Acompanhe!

    ABS

    Rodrigo Polisel

    #5952
    Foto de perfil de Marina Kizys
    Marina Kizys
    Membro

    Legal! Obrigada @rodrigo-polisel!

Visualizando 10 posts - 1 até 10 (de 10 do total)

Você deve fazer login para responder a este tópico.